• Programa de Estágio

Notícias

02/04/2018 14:20

CIS estimula formação de novos profissionais através do Programa Primeiro Emprego

"Esse é o primeiro passo que eu precisava para entrar no mercado de trabalho. Uma grande oportunidade de crescimento profissional com direitos trabalhistas garantidos e com perspectivas de um futuro melhor", o depoimento da jovem Neyriane Sampaio dos Santos, 21 anos, formada em técnica de informática, traduz bem a importância do Primeiro Emprego, Programa idealizado pelo Governador do Estado, Rui Costa, em 2016, e que oferece a primeira experiência profissional para técnicos formados pelas Escolas da Rede Estadual de Ensino da Educação Profissional.

Em dezembro de 2017, juntamente com Nayriane, foram contratadas para trabalhar no CIS- Centro Industrial Subaé, órgão ligado a secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, as técnicas em administração, Deise Santos Silva (30 anos) e Adriana Lima Santana (30). As contratadas estão radiantes de felicidades com a oportunidade ofertada pelo Programa. "Estamos aperfeiçoando o nosso aprendizado e consequentemente, abrindo outras portas no tão exigente mercado de trabalho", disse Deise.

Para Adriana é esse um dos melhores Programas existentes no Governo do Estado. "Em um mercado de trabalho bastante escasso, esse Programa é sem duvidas alguma uma grande oportunidade para jovens capacitados e recém-formados iniciarem a sua história profissionalmente. Só tenho a agradecer essa grande oportunidade", disse.

Segundo o diretor geral do CIS, José da Paz Ribeiro Lima, a contratação das jovens é um grande ganho para o órgão. "Agradeço e parabenizo as contratadas pela excelência no trabalho, agindo sempre com profissionalismo, dedicação, competência e principalmente entendendo que são parceiras no trabalho executado, estreitando assim nossos laços profissionais. Esperamos que continuem a dar continuidade em sua forma de trabalho, elevando com isso o nome do órgão ( CIS) e consequentemente ,abrindo novas portas no mercado de trabalho para elas", disse.

Desde a implementação do projeto, a Casa Civil e as secretarias do Trabalho, Educação, Administração, Desenvolvimento Rural e
Desenvolvimento Econômico trabalham no Comitê do projeto que pretende transformar o destino de 9 mil jovens baiano até o fim desse ano.

O Programa Primeiro Emprego vem cumprindo o seu principal objetivo de inserir egressos das Escolas de Educação Profissional da rede estadual no mercado de trabalho e dar o primeiro passo na construção da carreira daqueles que são também o futuro da Bahia. Os jovens são destinados a trabalhar em empresas privadas, no terceiro setor ou na rede pública, sendo que nessa última categoria, os jovens ocupam postos de trabalho em mais de 40 órgãos estaduais. Os contratos têm duração de 24 meses no Estado. Já as empresas particulares têm a prerrogativa de definir se haverá continuidade do contrato. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário minímo, já nos órgãos estaduais, o contemplado terá salário mínimo, plano de saúde ( Planserv) e vale transporte.

Fonte: ASCOM /CIS

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.