• Programa de Estágio

Notícias

13/06/2017 11:12

Feira de Santana e região recebe 200 mi em investimentos até 2018

As dezessete empresas previstas para se instalar e outras em fase de ampliação em Feira de Santana e região, devem empregar quase 2 mil pessoas até o ano que vem com o aporte de investimentos de quase R$200 milhões. Os projetos incluem diversificação de produtos, aquisição de novos equipamentos, aumento de produção e reciclagem de resíduos químicos.

A maior produtora de polpa de fruta do estado a Brasfrut, com 430 empregados pretende investir mais R$ 14 milhões na sua ampliação. “Vamos aumentar o mix de produtos. Já possuímos as polpas de fruta, os vegetais congelados e açaí. Agora teremos mais novidades”, explica Reinaldo Portugal, diretor da Brasfrut, empresa parceira da agricultura familiar.

A OL papéis, fabricante dos higiênicos e papel toalha Absoluto vai aumentar a produção com investimentos de R$25 milhões. O diretor da OL Papéis, Omar Abbas, explicou que a política de incremento da Bahia motiva o aumento da produção e os investimentos. “A marca era desconhecida até pouco tempo, mas hoje estamos nas principais redes varejistas, produzindo de uma maneira sustentável, usando a matéria prima reciclada da coleta seletiva. Antes este insumo ia para o aterro e nós enxergamos a oportunidade de negócio, reciclando para vender”. Além disso, a indústria de papéis assinou o termo de adesão ao Primeiro Emprego que irá estimular os jovens a entrar no mercado de trabalho.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, atribui o incremento de investimentos ao ambiente estável para negócios que a Bahia representa hoje no cenário nacional. “O empresário sente segurança em investir num estado que cria parcerias com o setor privado para garantir a sustentabilidade dos negócios”, explica o secretário.

Está prevista a injeção de R$22,6 bilhões nos 339 empreendimentos que devem gerar 23.400 novas vagas de trabalho até 2018 para toda a Bahia.


Empresas em implantação e ampliação

Brasfrut: A empresa funciona em Feira de Santana e recentemente ampliou seu centro de distribuição com a construção de mais uma câmara fria para armazenagem do produto acabado. Outras obras devem ser finalizadas em 2018. A empresa gera 430 empregos com investimento de R$14 milhões.

Doces Vieira: A empresa funciona atualmente no Distrito Industrial de São Gonçalo dos Campos, na fabricação de doces. Com o investimento de R$1,2 milhão, vai gerar 70 empregos diretos e indiretos.


Real Comércio: A empresa está localizada no distrito de Feira de Santana, atua no segmento metal/mecânico e fabrica telhas zincalume e galvalume, com investimento de R$3,5 milhões.

OL papéis: A OL Indústria de papéis está localizada do distrito de São Gonçalo dos Campos atua no segmento de papel e celulose, absorventes, artigos higiênicos e fraldas para bebês. Gera aproximadamente 420 empregos diretos e investe cerca de R$ 25 milhões.

HD Carneiro & Cia LTDA: A HD Carneiro está localizada no distrito de Feira de Santana e atua no segmento de reciclagem de tambores industriais, com investimento estimado em R$ 3 milhões deve começar a funcionar em janeiro/2018.

Allianza Pneus Comércio e reforma LTDA: A empresa está localizada no distrito de Feira de Santana e atua no segmento de plásticos e borrachas, sua atividade é a fabricação de reforma de pneumáticos. Com um investimento estimado em R$500 mil vai gerar 40 empregos.


Municípios beneficados: Agua Fria, Amélia Rodrigues, Anguera, Antonio Cardoso, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Feira de Santana, Ipecaetá, Irará, Santa Bárbara, Santanópolis, Santo Estevão, São Gonçalo dos Campos, Tanquinho, Teodoro Sampaio, Terra Nova.
As dezessete empresas previstas para se instalar e outras em fase de ampliação em Feira de Santana e região, devem empregar quase 2 mil pessoas até o ano que vem com o aporte de investimentos de quase R$200 milhões. Os projetos incluem diversificação de produtos, aquisição de novos equipamentos, aumento de produção e reciclagem de resíduos químicos.

A maior produtora de polpa de fruta do estado a Brasfrut, com 430 empregados pretende investir mais R$ 14 milhões na sua ampliação. “Vamos aumentar o mix de produtos. Já possuímos as polpas de fruta, os vegetais congelados e açaí. Agora teremos mais novidades”, explica Reinaldo Portugal, diretor da Brasfrut, empresa parceira da agricultura familiar.

A OL papéis, fabricante dos higiênicos e papel toalha Absoluto vai aumentar a produção com investimentos de R$25 milhões. O diretor da OL Papéis, Omar Abbas, explicou que a política de incremento da Bahia motiva o aumento da produção e os investimentos. “A marca era desconhecida até pouco tempo, mas hoje estamos nas principais redes varejistas, produzindo de uma maneira sustentável, usando a matéria prima reciclada da coleta seletiva. Antes este insumo ia para o aterro e nós enxergamos a oportunidade de negócio, reciclando para vender”. Além disso, a indústria de papéis assinou o termo de adesão ao Primeiro Emprego que irá estimular os jovens a entrar no mercado de trabalho.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, atribui o incremento de investimentos ao ambiente estável para negócios que a Bahia representa hoje no cenário nacional. “O empresário sente segurança em investir num estado que cria parcerias com o setor privado para garantir a sustentabilidade dos negócios”, explica o secretário.

Está prevista a injeção de R$22,6 bilhões nos 339 empreendimentos que devem gerar 23.400 novas vagas de trabalho até 2018 para toda a Bahia.


Empresas em implantação e ampliação

Brasfrut: A empresa funciona em Feira de Santana e recentemente ampliou seu centro de distribuição com a construção de mais uma câmara fria para armazenagem do produto acabado. Outras obras devem ser finalizadas em 2018. A empresa gera 430 empregos com investimento de R$14 milhões.

Doces Vieira: A empresa funciona atualmente no Distrito Industrial de São Gonçalo dos Campos, na fabricação de doces. Com o investimento de R$1,2 milhão, vai gerar 70 empregos diretos e indiretos.


Real Comércio: A empresa está localizada no distrito de Feira de Santana, atua no segmento metal/mecânico e fabrica telhas zincalume e galvalume, com investimento de R$3,5 milhões.

OL papéis: A OL Indústria de papéis está localizada do distrito de São Gonçalo dos Campos atua no segmento de papel e celulose, absorventes, artigos higiênicos e fraldas para bebês. Gera aproximadamente 420 empregos diretos e investe cerca de R$ 25 milhões.

HD Carneiro & Cia LTDA: A HD Carneiro está localizada no distrito de Feira de Santana e atua no segmento de reciclagem de tambores industriais, com investimento estimado em R$ 3 milhões deve começar a funcionar em janeiro/2018.

Allianza Pneus Comércio e reforma LTDA: A empresa está localizada no distrito de Feira de Santana e atua no segmento de plásticos e borrachas, sua atividade é a fabricação de reforma de pneumáticos. Com um investimento estimado em R$500 mil vai gerar 40 empregos.


Municípios beneficados: Agua Fria, Amélia Rodrigues, Anguera, Antonio Cardoso, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Feira de Santana, Ipecaetá, Irará, Santa Bárbara, Santanópolis, Santo Estevão, São Gonçalo dos Campos, Tanquinho, Teodoro Sampaio, Terra Nova.

Fonte: Ascom/SDE

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.